<

Author Archive

Como os mais velhos reagem ao Google Glass

elders-react-to-google-glass-and

Para quem não conhece, existe um canal no Youtube chamado “TheFineBros“, que a cada episódio apresenta um tema a um grupo específico de pessoas e filma a reação de cada um. Depois, lança uma série de perguntas sobre o que acabaram de assistir. Um dos vídeos que chama bastante atenção é um que registra pessoas de mais idade em seu primeiro contato com o Google Glass.
Se até para os mais novos, que lidam com novidade o tempo todo, é impressionante, imagina para quem tem 50, 60, 70 anos! É bacana  ver o espanto e curiosidade rapidamente se transformarem em empolgação e bom humor. Os velhinhos logo tomam gosto pela coisa!  Um momento interessante é quando um senhor comenta que imaginava que assim seria o futuro quando ele era criança. Quer dizer, esse mundo super moderno que eles imaginavam quando pequenos, vem se concretizando cada vez mais.
O Google Glass está na boca do povo por ser inovador e por levantar alguns questionamentos, tais como privacidade, pois os óculos podem filmar ou tirar fotos sem que as pessoas saibam. Todas as pessoas ligadas às tecnologias estão curiosas em relação ao novo acessório, se perguntam qual é a evolução disso, onde vai parar? A tecnologia avança rápido (cada vez mais rápido), a possibilidade de compartilhar momentos, sensação, experiências com diversos conteúdos de realidade aumentada anda movendo e conquistando o mundo.
Parece promissor e estamos esperando ansiosamente o que está por vir! :)
Agora confiram o vídeo de alguns senhorezinhos muitos simpáticos no primeiro contato com o óculos.

Alternativas bacanas para o WhatsApp

Logo depois da sua compra pelo Facebook, o nosso querido –  muitas vezes odiado –
WhatsApp saiu do ar, trazendo muita desconfiança seus usuários, claro que a desconfiança começou na venda. Aí que, aproveitando o embalo da discórdia, novos e antigos apps de comunicação instantânea se deram bem.

Eu
pergunto:

http://blogs.estadao.com.br/link/fundador-diz-que-whatsapp-nao-chegara-a-tablets-e-nem-computadores/

Dentre tantas alternativas, qual o aplicativo que está mais dentro das suas necessidades atuais? Será que ele existe? Será que nos condicionamos a pouca flexibilidade e/ou simplicidade do WhatsApp? Sempre tento fazer meus amigos usarem novos aplicativos, o meu preferido nessa evangelização atualmente é o Snapchat, que não vem tanto ao caso (instalem mesmo assim rs).

Vamos as alternativas?

iMessage & SMS

Ué, mas SMS não é o motivo que usamos o WhatsApp?
Exatamente. Com a queda do programinha, o fluxo das antigas mensagens e do iMessage (SMS de iOS para iOS) aumentou vertiginosamente. É uma alternativa? Sim. Mas nós não queremos pagar, além da conta de internet, por cada mensagem enviada. Que nesses últimos anos, nos acostumamos a  enviar linha por linha.

Facebook Messenger

Thiarles, o WhatsApp é do Facebook, por isso não quero mais usá-lo. 
Não tem como fugir do Facebook, amigo. Os caras já estão em todas as plataformas – e só falta um contrato para gerenciar os shows da Beyoncé para completar a gama. Das alternativas que citei até agora, essa é a mais conveniente. Seus amigos estão no facebook, fica mais fácil.

Tem pra iPhone e  Android.

relay

Relay

Esse app é bem novo. Você já ouvir sobre ele?
O Relay junta as facilidades do WhatsApp, deixando você criar grupos e enviar imagens, mas ele não foi realmente feito para conversar com texto. O Relay é um app para compartilhamento de gifs. Sim, gifs! Você procura e responde a gif do seu amigo com sua própria gif, gravada com a câmera do celular ou então, procura uma no banco deles. É viciante.  A busca por amigos é feita pelo Facebook, ou seja, você vai ter vários amigos por lá.

Tem pra iPhone e Android.

viber

Viber

Esse é bem manjado e tem tudo pra ser um aplicativo incrível. Texto e voz num visual roxo e péssimo que, apesar da minha implicância, funciona. Explodiu de usuários quando dito cujo vendido saiu do ar e, por isso, o pessoal resolver carcar o Viber Out, função onde você liga para números de telefone, ficar de graça até depois do carnaval. Teste e a voz é clara, como a do FaceTime.

Tem pra várias plataformas, incluindo Desktop.

telegram

Telegram

 O João usa – e ama – o Telegram. 
Esse app é bem novo, se você instalar, nota que não tem muita gente pra falar por lá. O BOOM com essa polêmica nos últimos dias foi estratosférico. Ele é leve, agradável aos olhos e gratuito.

Tem pra iPhone e Android.

Tem muitas alternativas como o Skype, Line, ICQ(!), etc, e outras interessantes que vão ser lançadas, tipo o Bebo. Eu vou ficar no WhatsApp, mas se há muita neura, acho que o ganhador é o Viber.

Latitudes: o longa transmídia brasileiro

Aos poucos a internet vai tomando conta. 

Essa frase me lembra 2001, mas é bem propícia para esse ano, 2013 – um pouco polêmica também. Acontece que a produtora Losbragas e House tirou do papel, em grande escala, o que muitas tentam faz tempo no Brasil: unir a TV com a internet, em toda sua alma transmídia.
Com o título Latitudes, o filme confeccionado para o YouTube e TNT, estréia em agosto nas telas, telões e telinhas, a gosto do usuário. Tem apoio de muita gente, garantem que foi o único jeito de tirar a ideia do papel. Mas ao contrário do que se espera, os extras, making of e etc serão exibidos somente na TV.
O enredo é bom, uma história de amor entre um fotógrafo e uma editora de moda, tudo bem contemporâneo/classe média, bem “a gente”. Felipe Braga, diretor, propõe um novo destino a cada semana, onde Alice Braga e Daniel de Oliveira fazem o drama acontecer.
Vai passar toda quarta-feira no YouTube às 18 horas, quando estivermos no trânsito, e às 22 horas da próxima segunda-feira na TNT, para concorrer com a Tela Quente. Tudo começa dia 28.
Já saíram dois trailers:
Tem entrevistas com os atores lá no canal também.
Parabéns pela coragem toda de desafiar as plataformas tradicionais (a.k.a. conseguir a grana toda), mesmo com apoio do Google e Time Warner, creio que seja bem difícil arregaçar as mangas.
Mais infos lá no Estadão, ou no Facebook do filme.

Quem inspira Diego no Dia do Rock

Rock Inspira Persistência

O mundo de hoje carece muito de compaixão, de amor ao próximo, não só com pessoas “normais”, mas principalmente quando se trata de pessoas portadoras de necessidades especiais.

Estas pessoas sempre nos inspiram por tornar o que achávamos impossível possível, nos dão uma lição de moral, de vida, de tudo. Por isso meu video clipe de rock inspirador é o da música “Maior Que as Muralhas” da banda gaúcha FRESNO.

Nele você vê o depoimento de vários para-atletas brasileiros que não desistiram e se tornaram vencedores, e como Lucas não cansa de repetir ao longo da canção “Chegou a hora de ser maior que as muralhas, tentarão me prender em vão”, acredito que esta seja a lição: não desista nunca.

Quem inspira Alexandre no Dia do Rock

Eu fico com os caras do Rush, três caras esquisitos que se encontraram ainda na escola pra fazer uma música esquisita para sua época, os jornais diziam que eles tocavam alto demais, as revistas diziam que o vocalista tinha a voz de taquara rachada, os pais se apavoravam com o barulho que faziam na garagem, e mais ainda quando abandonaram a faculdade para fazer o que amavam de verdade.

Não quero com isso dizer que devemos abandonar a faculdade se é o que você realmente quer vá até o fim, essa é a grande lição desses caras que escreveram umas boas páginas do Rock mundial, inspirando gerações a fazer música séria mesmo quando se vai por um caminho que ninguém nunca foi, e principalmente você não precisa ser igual a todo mundo pra fazer algo verdadeiro e de qualidade. (ps. merecido hall of fame do rock)

abrax.

Matching tattoos: continuando no seu amor

Antes de começar a falar sobre, devo alertar: este post pode soar um pouco estranho. Não tenho nenhuma tatuagem, não por medo da dor, não por não saber escolher, mas por mudar muito, toda hora.

Falando de tatuagem aquém da estética, elas são uma marca eterna – ou essa é a ideia – do que se passa na sua cabecinha. Há tempos proibidas em certos contextos,  tachadas negativamente, hoje elas correm nos meios comuns, sendo discutidas e admiradas. Continua a mesma tatuagem, logicamente, mas tem toques do comum e usual século 21, principalmente na minha geração.

Fugindo de todas as ideias óbvias e significados, admiro muito quem tem tatuagem – Cara, você conseguiu colocar em tinta-sobre-pele o que pensa. Fantástico!

Existe um tema que eu saberia escolher: coisas do coração. Alianças são o tradicional marca território símbolo da união de duas pessoas. O que te faz lembrar todo dia que, de alguma forma, alguém gosta de ti e você nem sabe porque. Pensa comigo, tatuagem marca o que você pensa, literalmente, alianças não tem o mesmo significado?

Em pleno dia dos namorados, com restaurantes com meia mesa sobrando e alianças esperando no bolso pelo dedo amado, um estúdio de tatuagem não é má ideia. 

Mas Thiarles, tatuar nome de namorado não é a coisa mais cafona depois de crocs? Sim. Não tatue nome de namorada(o).

Tatue depois de casar, preferencialmente. E claro, ame antes. Quem sabe até como uma segunda aliança – Bodas de Pele (?).

tadsh

Sky is clear tonight, sky is clear tomorow.

A @tadsh e seu respectivo (@alesqui), como vocês podem ver na foto, provam seu amor continuando um no outro <3.

Aliás, feliz Dia dos Namorados <3.

Vamos encontrar um unicórnio? ops! Procura-se designer.

67.-UnicornLG

A conversa começa mais ou menos assim:

– Precisamos procurar alguém para a vaga de designer.
– Hummm, alguém que escreva código também?
– É pode ser, o importante é que entenda o nosso processo.
– Então é melhor alguém que saque de wireframes
– É uma boa, mas será uma pessoa que faça layouts baseados em AI/UX vai se dar na criação das peças de moda?
– Meu! Estamos procurando por um unicórnio!
– Hahahahaa! Pois agora?

Zerotrack Coletivo Digital procura designer com as seguintes habilidades/conhecimentos:

- Saque rápido de referências;
- Ame as experiências malucas na internet;
- Utilize o Photoshop como visualizador de imagens padrão (brinks, ou não);
- Capacidade de transformar interfaces complexas em layouts que pareçam simples;
- Saiba responder a grande questão do momento: este layout que você aprovou, já é responsivo?
- O cliente enviou essa peça da campanha deles já aberta, vamos adaptar para IAB + Facebook e Twitter?
- Olha lá um cachorrinho!
- Qual a diferença entre domínio público, creative commons e royalties free?

Portfólio, pretensão salarial, facebook, twitter e a resposta para vida o universo e tudo mais no e-mail: unicornio@zerotrack.com.br

Codecademy: uma comunidade de aprendizagem e ensino de programação

codeacademy

Codecademy é uma comunidade que atua dentro e fora da web na formação de grupos de pessoas que desejam aprender a programar, melhorar suas habilidades ou contribuir sendo um professor. Na descrição do projeto é possível encontrar críticas ao sistema educacional e evidencia a necessidade de alterar a forma com que as coisas acontecem em sala de aula.

As aulas são inteiramente práticas e muito fáceis, qualquer pessoa com o desejo de começar a aventura de programar ou simplesmente aprender o básico, já terá nas mãos uma plataforma de ensino e uma experiência totalmente nova neste segmento. Para programadores avançados e desenvolvedores experientes, o Codecademy apresenta desafios interessantes e proporciona espaços para formação de cursos, aulas, fóruns e eventos. Você pode tentar começando pelas aulas de HTML e seguir a trilha do JavaScript, recebendo muitos pontos por isso. Será bem divertido, independente de seu conhecimento de linguagens de programação.

Antigamente tudo era precário para o estudo de programação, você tinha de nascer em berço de ouro, as máquinas custavam muito, as linguagens de programação comerciais e as melhores ferramentas do mercado eram pagas, sem falar no preço dos livros. Hoje temos hardware acessível, ferramentas gratuitas, linguagens de código livre e a informação está logo ali na interwebs, iniciativas como Codecademy são fantásticas e fáceis para qualquer pessoa com um computador conectado e principalmente a vontade de aprender. Power to the people.
Alexandre Santos e Silva, Diretor Executivo e de Tecnologia da agência Zerotrack Coletivo Digital.

Venha para Codecademy ajudar a construir a educação que o mundo merece.

04 anos “Seguindo o Coelho Branco”

Follow_the_White_Rabbit

00:10:55,200 --> 00:11:38,700
Por favor, ouça.
Sei por que está aqui, Neo.
Sei o que anda fazendo.
Sei por que mal dorme...
por que mora sozinho e
por que, noite após noite...
senta-se ao computador.
Você o está procurando.
Eu sei porque eu também
já procurei a mesma coisa.
E, quando ele me encontrou...
ele me disse que eu não estava
procurando por ele...
eu estava procurando uma resposta.
É a pergunta que nos impulsiona, Neo.
Foi a pergunta que te trouxe aqui.
Você conhece a pergunta...

No dia 10 de Março, fez quatro anos que a Zerotrack se tornou um coletivo digital que reúne pessoas com diversas visões, competências distintas e entendimentos significativos daquilo que entendemos como internet ou comunicação digital. O que começou como duas pessoas cheias de vontades em fazer uma internet diferente, agora somos 10 membros e crescendo.

Nesses anos juntos, realizamos diversos projetos legais, que nos estimulam à continuar pensando em fazer uma internet diferente, promovendo conversações, compartilhando conceitos criativos e tornando, na medida do possível, a internet um lugar mais bacana para conhecer pessoas, bons produtos, conceitos, ideias inovadoras e ferramentas úteis para o dia a dia.

Sabemos quem está conosco e queremos continuar retribuindo a atenção e o carinho que pessoas como você nos dedicam todos os dias. É através da rede que fazemos nossos dias e noites acontecerem, é apertando essas teclas, clicando nos mouses, assistindo vídeos, ouvindo toneladas de músicas e fazendo com nossas ideias, um mundo diferente para todos. Por uma internet inclusiva, democrática, divertida e útil para toda a humanidade somos a Zerotrack Coletivo Digital, somos cada um que acredita numa internet diferente o bastante para dizer:

02:08:04,100 --> 02:08:42,100
Sei que está com medo.
Está com medo de nós.
Está com medo das mudanças.
- FALHA NO SISTEMA
- Eu não conheço o futuro.
Eu não vim aqui te dizer
como isso vai acabar.
Eu vim aqui te dizer
como vai começar.
Vou desligar este telefone.
E vou mostrar a essas pessoas
o que não quer que elas vejam.
Vou mostrar a elas um mundo...
sem você.
Um mundo sem regras e controle,
sem limites e fronteiras.
Um mundo onde tudo é possível.
Para onde vamos daqui...
é uma escolha que deixo pra você.

2013: Preparar para Decolar

Você já fez check-in em 2012, agora é inevitável projetar as ideias lá pra frente… O que vamos fazer ano que vem, quais são os sonhos, os desejos e aspirações de conquistas para os próximos 365 dias e seis horas? Sim, quase todos estamos numa catapulta de ansiedades, então é melhor tentar relaxar e aproveitar a viagem.

Nesses dias todas as possibilidades são permitidas e o que mais queremos em 2013 é preparar para decolar! Seguindo as instruções da torre e atendendo os destinos de nossos clientes, esse ano passou voando. Colocamos diversos projetos na pista, por isso, nos próximos dias faremos uma parada estratégica. Do dia 21 de dezembro ao dia 02 de janeiro a tripulação vai curtir uns dias de praia, uns dias de namoro, um abraço na família ou merecidas tardes de preguiça.

A partir de Janeiro, queremos que você possa não apenas acompanhar nossas chegadas e partidas, mas embarcar conosco e curtir os preparativos de nossa primeira grande turnê. A Zerotrack começou como uma banda de garagem e agora prepara-se para alcançar sonhos mais altos. Queremos que o seu ano de 2013 seja assim também, pro alto e avante! Feliz ano novo!

Projetos “na pista” em 2012

DreamValley Festival

Websites

Aplicativo para facebook - Toda Forma de Amor - Imaginarium

Aplicativos para Facebook

Artigo inspirado no mitológico “ED Force One“, avião particular da banda Iron Maiden, que tem como piloto o vocalista Bruce Dickinson e que já rendeu o ótimo documentário chamado “Iron Maiden – Flight 666″.

Nosso Endereço
Zerotrack Coletivo Digital
Srv. Tucano 115, CEP 88.063-084
Campeche - Florianópolis - SC
Amamos

  • ios
  • wordpress

Hey ho let's go!

Passe por aqui para um cafézinho

É só ligar nos fones (48) 3364-3147 / 8465-3147
Ou usar o formulário de contato abaixo: