<

Visões de mundo: Equipe colaborativa

caminito

Acreditamos sinceramente que a colaboração é fundamental na formação de uma boa equipe. Naturalmente, deve haver uma quantidade de competências nos indivíduos, mas quão longe pode-se chegar com o desenvolvimento de habilidades coletivas? As experiências pessoais somam lições importantes na formação de uma relação colaborativa.

Liberdade

Em nosso grupo de trabalho, todos estamos livres e dispostos a descobrir outras ideias. Encontramos o principal componente que permite-nos ouvir e compreender um ao outro. Aprendemos a cuidar mais sobre como fazer um trabalho melhor, ao invés de fazer apenas o trabalho. Livres de amarras, com a mente aberta.

Sem jogos, políticas ou inseguranças.

A configuração de um ambiente aberto de criação exige uma certa quantidade de confiança. É preciso ser capaz de confiar nas pessoas que colaboram e todos devem colocar a qualidade do trabalho acima das suas próprias ideias. Então confiamos que qualquer crítica tem intenção honesta e está sendo feita apenas para melhorar o trabalho, sem boicotes de nossas inseguranças, crenças ou interesses pessoais.

Incentivar a diversidade

Não enxergamos o mundo através de uma fresta, buscamos diferentes perspectivas e habilidades. Cada membro de nosso coletivo é uma pessoa plural, repleta de pontos fortes e fracos, o que permite que essas diferenças não sejam apenas toleradas, mas ao invés disso, sempre incentivadas. Na compreensão de nossas diferenças, aprendemos as perspectivas do outro. Estimular a diversidade na equipe garante que os problemas podem ser atacados de todos os ângulos, uma vez que a liberdade e a confiança estão presentes, você precisa aprender a valorizá-los.

O silêncio é parte do ritmo.

Como sabemos, todo pão leva um tempo para crescer, e o processo de criação é algo que está sempre evoluindo. Precisamos algumas vezes de um momento de pausa e reflexão, seja onde for, e acreditamos que parar é muito importante para mantermos o ritmo. Permitimos algumas pausas na linearidade do tempo, diferente do relógio, jogamos os elementos no tempo e vemos o que acontece. Diga para si mesmo – “Me dê um tempo” – logo você estará pronto para concluir suas tarefas em conformidade com conceitos e prazos.

Divirta-se

Nós amamos o que fazemos.

Não entendeu a foto? Saiba um pouco mais sobre o Caminito – La Boca.

Categorizado como: Conceitos


18 Comentários

  1. GAL disse:

    Eu acredito na Zerotrack

  2. Gabriel Dread disse:

    Concordo plenamente com estes princípios.
    A tendência futura é que todos simplesmente doem tudo, sem esperar nada em troca. Como assim? Isso mesmo, doar incondicionalmente. As pessoas generosas naturalmente passarão a ser modelos a serem seguidos, seus comportamentos serão imitados, até atingirmos o ponto da verdadeira sociedade da abundância. Porque já vivemos em um planeta de infinita abundância, apenas não nos damos conta disso. A lógica da economia da escassez está arraigada de tal maneira que as pessoas não enxergam mais a riqueza à sua volta. O exemplo dos abraços grátis é perfeito para exemplificar isso… abundância gera abundância. Doação gera doação. Generosidade gera generosidade… até chegarmos a um ponto em que as pessoas não vão esperar mais nenhum “Capital” em troca, seja ele social ou papel moeda… Vai acontecer… está acontecendo! Gabriel ‘Dread’ Siqueira Sou adepto da sustentabilidade, da economia solidária, das agroflorestas, da ecologia profunda, do compartilhar incondicional, da compaixão, da vibração positiva, da I-rmandade, da ajuda mútua, da integração harmônica do homem com a natureza e dos homens entre si, da descoberta da vocação Divina presente em cada um, de agir no Aqui e Agora, da verdadeira transformação, da crítica não-afirmativa [aquela que não re-alimenta o sistema babilouco], da dedicAção, do amor incondicional, do encontro com Deus(a), da espiritualidade

  3. Ronaldo Bitencourt disse:

    Ótimo ponto de vista Tiago.

    Na minha opnião aquele papo de local de trabalho ideal, não passa de papo furado.

    Se a equipe que te cerca esta na mesma sintonia, sem joguinhos de políticas ou inseguranças como citado no post, se a equipe pensa de forma colaborativa, se no lugar da cobrança insesante por prazos e resultados estiver um espirito harmônico e um parabéns pelo trabalho feito, será que podemos querer mais do que isso em um time que está jogando junto?

    Abração a todos da Zerotrack :)

    @oronaldosantos

  4. RT @zerotrack: [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  5. mariana costa disse:

    RT @zerotrack [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  6. [delicious] Visões de mundo: Equipe colaborativa | Zerotrack Inteligência Digital, Florianópolis, SC… https://twurl.nl/j8q2e3

  7. Pontos de vista para uma equipe colaborativa https://tinyurl.com/nxqj95 por @tiagomx da @zerotrack – isso deveria ser regra

  8. Marcelo Capillé disse:

    RT @ZeroTrack [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  9. Alexandre S. e Silva disse:

    > @ZeroTrack: [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  10. @gabrieldread @oronaldosantos @marianacosta Obrigado pelos comments no [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  11. Obrigado pelos comentários amigos =) fico muito feliz em saber que não acreditamos em coisas isoladas, mas que nossas crenças pertencem e correspondem as visões de mundo de nossos pares.

    abs.

  12. Altos comentários no post :) RT @zerotrack: [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  13. RT @zerotrack [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  14. [punkblog] Visões de mundo: Equipe colaborativa https://su.pr/2wJvJ4

  15. lebravo disse:

    Bacana o post. Congrats!

  16. Paula disse:

    Tiago, é isso aí…

  17. daniel disse:

    assim que vi a foto, obvio que reconheci LA BOCA vou enviar a materia, (nao pela foto , sim pelo conteudo, para pessoas da WEB2.0 de AR) beleza, quando rola o evento esse que querem cobrir com as fotos ???

  18. Luiz Carioca disse:

    Vcs não sabem como fico feliz em saber que existem pessoas que pensam assim. parabéns, e como disseram, eu acredito na Zerotrack. dukacete

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso Endereço
Zerotrack Coletivo Digital
Srv. Tucano 115, CEP 88.063-084
Campeche - Florianópolis - SC
Amamos

  • ios
  • wordpress

Hey ho let's go!

Passe por aqui para um cafézinho

É só ligar nos fones (48) 3364-3147 / 98465-3147
Ou usar o formulário de contato abaixo: