<

Viva a Fantasia II

Gilles Deleuze, por @alan_hook

Acreditar na fantasia requer um nível elevado de abstração natural das coisas. Reconhecer que somos capazes de desejar realidades futuras é o primeiro passo para negar absolutamente o que está estabelecido e promover novos fluxos de significados. A ficção é uma correlação com o presente, já que nossas visões de mundo são baseadas naquilo que sabemos identificar.

“Correlacionar projeções ficcionais com qualquer outra projeção é criar uma nova projeção, ainda que derivativa”.

Criatividade compartilhada é criatividade construída. Os fluxos e sinapses são dados a partir dos conhecimentos, saberes, vivências e culturas. Ao encontrar novos relacionamentos entre anseios e projeções, amplia-se a capacidade de gerar novos significados – projetar futuros.

Acreditar que dessalinizar a água do mar ou resgatar mineiros soterrados é tão possível quanto acreditar que o ser humano pode nascer de uma proveta ou que existíra uma panela especial para cozinhar no espaço. A fantasia é a chave para transformar futuros em realidades – os novos acontecimentos da nossa era.


Categorizado como: Conceitos


11 Comentários

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Tiago Jaime Machado, Zerotrack Digital, as cátia, Diego LoKoW, Irradiando Luz and others. Irradiando Luz said: Viva a Fantasia II http://migre.me/2Nx8n /via @zerotrack […]

  2. as cátia disse:

    LEIAO! RT @zerotrack: [punkblog] Viva a Fantasia II http://bit.ly/f4EP9t

  3. Diego LoKoW disse:

    T @zerotrack: [punkblog] Viva a Fantasia II http://bit.ly/f4EP9t

  4. RT @zerotrack: [punkblog] Viva a Fantasia II http://bit.ly/f4EP9t

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso Endereço
Zerotrack Coletivo Digital
Srv. Tucano 115, CEP 88.063-084
Campeche - Florianópolis - SC
Amamos

  • ios
  • wordpress

Hey ho let's go!

Passe por aqui para um cafézinho

É só ligar nos fones (48) 3364-3147 / 98465-3147
Ou usar o formulário de contato abaixo: