<

#youPIX POA 2012

Youpix PoA

Pela primeira vez fui ao Youpix, o que não poderia ser melhor, pois aproveitei para conhecer Porto Alegre ok, isso não vem ao caso. Voltando ao assunto do evento, foi muito bacana poder ouvir pessoas que eu já conhecia, acompanhava e admirava através das redes sociais, além de conhecer pessoas das quais nunca havia ouvido falar, mas que, assim como eu, estão interessadas nos caminhos futuros da internet. Logo, o youPIX já começou aproximando pessoas. :)

A abertura do Youpix PoA 2012, com Rene de Paula Jr. e sua palestra “Amazing é o novo Boring” fez total sentido, pois chegamos a um ponto onde tudo tem que ser “do caralho”. Sim as coisas ficam mais bacanas quando são fodas, mas será que essas coisas fodas estão cumprindo as funções básicas? Vejo que o amazing pelo amazing não faz sentido, e consumir um fluxo muito grande de coisas fodas pode ser cansativo e chato.

Já no “Song pop live”, com o consagrado e divertido Mr. Pi, foi muito bacana ver a dinâmica do aplicativo que virou febre mundial sendo trazida para o offline, onde a experiência do aplicativo foi intensificada pelo calor humano. Ouvi muito Tiago Jaime Machado falar, enquanto era seu aprendiz, que temos que repetir sempre o exercício de fazer as coisas passarem do online para o offline, e do offline de volta para o online, como falar “on off on off” até ambos se unirem e virarem Fonfon.

Depois de toda a energia positiva do “Song pop live”, uma pausa na parte de experiência para tratar de um assunto muito sério “Ativismo, hashtags e o mundo conectado”. No debate estavam Daniel Bittencourt, Gabriela Guerra, Luciano Braga, Gabriel Gomes e Hermán Efrón, e a pergunta que o norteou foi “O ativismo de sofá faz diferença?”. A meu ver cada um tinha sua posição muito bem definida neste aspecto, e a conclusão a que chegaram foi que se não for completado o ciclo, de nada valeu. Porém eu acredito que sim, faz diferença, pois o simples ato de compartilhar uma ação social bacana, sem doar dinheiro ou “colocar a mão na massa”, impactará outras pessoas, que o farão. Isso vale a pena pois potencializa o alcance desta ação.

E falando em ciclo, para fechar o ciclo de palestras e debates da primeira noite, uma ótima e divertida entrevista do Piangers com Rafinha Bastos, onde Rafinha falou um pouco sobre sua história na RBS, sua ida para São Paulo, seus projetos e processos.

A noite acabou com um lanche e muita cerveja Polar no Cavanhas, uma lanchonete muito conhecida no centro de Porto Alegre, com @ascatia, @larafotos, @sininho115, @carolt e @eericarocha. Curiosamente, no mesmo lugar onde estavam @naosalvo, @cauemoura, @pecesiqueira, @diegoquinteiro e outros. :)

No segundo dia, passei a manhã ouvindo a queridona da Rosana Herman, ou a “tia do powerpoint” como ouvi de uma amiga. Com sua forma cativante de falar sobre as coisas, inseriu o tema “A função social do barraco”. Uma pena a dinâmica proposta por ela para introduzir o assunto ter tomado quase que 90% de seu tempo, mas os 10% finais serviram para pensar um pouco sobre o assunto e refletir sobre a indústria jornalística do nada, vulgo revistas e portais de fofoca.

Rosana nem se deu o trabalho de sair do palco, logo em seguida veio o debate sobre “Meme, o negócio ficou sério”, onde se uniram ao palco do auditório da ESPM Cid do @naosalvo, Adriana Amaral e a anfitriã do evento Bia Granja. Adriana foi quem de fato “deu nome aos bois” explicando o que é meme, pois memes não são apenas aquelas carinhas como Fuck Yeah ou Forever Alone, mas sim uma unidade cultural muito simples, que de alguma forma transmite algo que geralmente não conseguimos traduzir de forma verbal, e é apropriada e entendida apenas por um certo coletivo de pessoas.

Já no debate sobre “Blogs, post pago e profissionalização” com  Carol Andreis, Diogo Carvalho, Danilo Miranda e Cid @naosalvo, as dicas basicamente foram: Seja especialista no que você fala, foco é tudo; Crie um mídia kit, mesmo que seja para auto-conhecimento; e Valorize seu trabalho, não trabalhe de graça, mas também não custa dar uma mãozinha quando se precisa bater metas.

Passando para o assunto “10 dicas de como ganhar dinheiro com conteúdo na internet”, Isa VenturaTato Tarcan e Prof. Maury apresentaram ferramentas que te ajudam a monetizar websites e blogs comprovando e complementando o assunto anterior.

Para completar o circuito de palestras e debates, das quais tive a oportunidade de assistir, o assunto em pauta foi “A imagificação das redes sociais” com PC Siqueira, Alexandre Inagaki, Rafael Sbarai e Paula Minozzo, falaram sobre Youtube, Facebook, Instagram, Pinterest e como as redes sociais tem caminhado para algo muito mais dinâmico e visual.

Conclusão geral: cada vez mais a internet está caminhando para dentro da vida das pessoas, seja ela como meio de comunicação, interação com seus amigos, um simples click fotográfico ou até mesmo a documentação colaborativa de problemas e soluções para o mundo. E todo esse avanço tem que ser muito bem planejado para que possa ser acessado e ter uma boa usabilidade para todos.

Vamos fazer Fonfon? ;)


Categorizado como: Eventos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso Endereço
Zerotrack Coletivo Digital
Srv. Tucano 115, CEP 88.063-084
Campeche - Florianópolis - SC
Amamos

  • ios
  • wordpress

Hey ho let's go!

Passe por aqui para um cafézinho

É só ligar nos fones (48) 3364-3147 / 98465-3147
Ou usar o formulário de contato abaixo: